Qualidade

A Política de Qualidade

A política da Qualidade que a Construções Vieira Mendes, Lda., definiu para as suas empreitadas é a seguinte:

  • Assegurar que todos os seus colaboradores se encontram informados quanto à Política da Qualidade e participam na implantação da mesma;
  • Promover as competências dos colaboradores proporcionando-lhes a necessária formação, meios e responsabilidades, para que executem as suas funções de acordo com o padrão de desempenho definido; na implantação da mesma;
  • Estar atenta aos requisitos do cliente, procurando satisfazê-los adequadamente;
  • Observar os princípios gerais da prevenção da segurança e do respeito ambiental, no sentido de promover um ambiente de trabalho seguro, saudável, minimizando os impactes ambientais negativos;
  • Cumprir os requisitos legais e normativos, em termos da Qualidade, Segurança, Higiene, Saúde e Ambiente, como forma de garantir as melhores condições para a prestação dos seus serviços;
  • Garantir o cumprimento do Sistema de Gestão implementado, tendo como objectivo a Melhoria Contínua da eficácia e da adequação dos serviços que presta.

Segurança

A Gerência desta empresa, reconhece o valor de uma cultura positiva em termos de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho, tendo uma influência determinante no desempenho da organização, sendo considerada uma área de primordial importância.

Com a implementação do Sistema Integrado de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho a empresa assume como primeira prioridade a protecção da saúde de cada trabalhador, a prevenção de risco profissionais dos acidentes de trabalho e das doenças profissionais.

Como tal compromete-se a cumprir com o estipulado na legislação aplicável e com indicações relativas à Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho publicadas por Organismos Competentes.

Na Politica de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho são definidos objectivos com vista a:

  • Reduzir ao mínimo possível os índices de sinistralidade;
  • Diminuir os custos sociais e económicos resultantes dos acidentes de trabalho;
  • Aumentar a produtividade dos trabalhadores, como resultado da melhoria das condições de trabalho;
  • Motivar os trabalhadores;
  • Criar competitividade.

A empresa tem na sua estrutura a Área Funcional de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho mantendo actualizado um Sistema de Gestão de Segurança, Higiene e Saúde no trabalho, baseado nos requisitos do Decreto – Lei n.º 273/2003 de Outubro, e demais legislação aplicável.

. . . . . . .